STML - 40 Anos
Entrada Acção Socio Cultural
Próxima visita: 22 de Fevereiro – Museu Geológico Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 13 Fevereiro 2017 10:15

Foto de Capa - visita museu geologicoNo dia 22 de Fevereiro a Comissão de Reformados do STML fará uma visita ao Museu Geológico, pelas 14h30.

Instalado, desde o século XIX, no 2º andar do antigo Convento de Jesus, foi classificado como Imóvel de Interesse Público em 2010.

A vastidão das suas salas, o mobiliário a elas adaptado e o modelo expositivo, confere-lhe valor histórico e estético e converte-o naquilo que alguns especialistas consideram um "museu dos museus", podendo considerar-se um dos poucos testemunhos da museologia científica novecentista, não apenas portuguesa, mas europeia.

 

Localização: Rua da Academia das Ciências, 19 - 2º

 

Transportes: Autocarros: 202, 758, 773

 

Ver fotos aqui.


Ver vídeo aqui: https://youtu.be/zEAEQ9Ou-7Q

 

logo 40 anos

Inter reformados

 
Comissão de Reformados do STML visitou o Panteão Nacional Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 01 Fevereiro 2017 10:16

Apos - foto capaOs 17 associados foram recebidos por Teresa Carneiro.

Sentados na escadaria, frente ao belíssimo órgão, seguiram atentamente o desenrolar da história daquele magnífico monumento, da autoria do arquitecto João Antunes, cujas obras demoraram mais de dois séculos e meio e é erradamente mencionado, muitas vezes, como igreja.

A única missa ali celebrada, por ocasião da sua abertura ao público a 1 de Dezembro de 1966, foi presidida pelo Cardeal Cerejeira e contou com a presença do Presidente da República Américo Tomás e do Presidente do Conselho Oliveira Salazar,

Depois de percorrermos todo o seu interior, subimos ao terraço, construído à volta da cúpula, de onde pudemos desfrutar, apesar do dia enevoado, da vista panorâmica sobre a cidade.

Já no exterior, antes da despedida, Teresa Caeiro chamou-nos a atenção para as colunas da galilé e para as esculturas de Claude Laprade.

 

Ver fotos da visita aqui!

 

logo stml 16

Logo Inter Reformados 100x87

 
Próxima visita – Panteão Nacional Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 11 Janeiro 2017 10:42

Foto CapaA Comissão de Reformados do STML tem marcada para as 14:30h do próximo dia 25 de Janeiro, 4ª feira, uma visita guiada ao Panteão Nacional.

Em 1836, o ministro Passos Manuel decretou a edificação de um Panteão Nacional, com o objectivo de dignificar os heróis da Revolução de 1820 e a memória coletiva para grandes homens, entretanto caídos no esquecimento, como Luís de Camões; mas só com a Lei 520 de 1916 se definiu o seu local. A escolha recaiu na Igreja de Santa Engrácia, cujas obras demoraram 284 anos (1682-1966), dando lugar à expressão popular obras de Santa Engrácia.

Monumento em estilo barroco, abriga, na nave central com magnífica decoração de mármores coloridos e encimada por uma majestosa cúpula que se ergue a 80 m de altura, os cenotáfios de D. Nuno Álvares Pereira, Infante D. Henrique, Pedro Álvares Cabral, Afonso de Albuquerque, Vasco da Gama e Luís de Camões.

Continuar...
 
Estufa Fria – última visita de 2016 Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 06 Janeiro 2017 14:50

Foto capaNo dia 14 de Dezembro a Comissão de Reformados do STML terminou a actividade lúdica de 2016 com a visita à Estufa Fria que, embora mantendo o mesmo nome, engloba também, desde a década de setenta, uma Estufa Quente e uma Estufa Doce.

Os doze associados foram acompanhados por Paula Craveiro e Alexandra Canha que nos deram a conhecer a sua história desde a inauguração em 1933, segundo projecto do arquitecto Raul Carapinha. Foi construída sobre uma antiga pedreira de basalto, desactivada após a descoberta de uma nascente, facto que contribuiu para a escolha do local.

Tendo sido alvo de diversas remodelações, a última está documentada numa lápide de homenagem aos trabalhadores/construtores das estufas quente e doce.

Mercê das prestimosas guias ficaram a conhecer as particularidades de muitas espécies que para muitos eram totalmente desconhecidas.

 

Fotografias aqui.

 

Inter reformadoslogo stml 16

 
No dia 26 de Outubro a Comissão de Reformados do STML visitou o Convento dos Cardaes Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 07 Novembro 2016 10:17

Foto de CapaOs catorze associados iniciaram a visita na capela, onde lhes foi relatada a história do Convento, desde a sua fundação em 1681, por D.Luísa de Távora, para alojar religiosas da Ordem das Carmelitas Descalças e ela própria viver.

Concluído apenas em 1703, resistiu ao terramoto de 1755, ultrapassou a extinção das ordens religiosas em 1834, que estabelecia que os conventos femininos podiam permanecer até à morte da última freira e contornou a lei que proibia o ingresso de noviças, admitindo-as como pensionistas laicas.

Em 1877 é concedida autorização provisória à Associação de Nª Sª Consoladora dos Aflitos para aí albergar um asilo para mulheres cegas, ao cuidado das Irmãs Dominicanas, e em 1893 passa definitivamente para a posse daquela Associação o Convento e todo o seu recheio.

A partir de 1968, e com a designação de escola, passa a admitir também portadoras com deficientes profundas.

Continuar...
 
Visita à exposição "Quarteirão dos Lagares: da Mouraria à Vila Nova" Versão para impressão Enviar por E-mail
Terça, 04 Outubro 2016 10:10

foto de capaOs elementos da Comissão de Reformados do STML, que a 27 de Setembro se juntaram no Centro de Inovação da Mouraria, seguiram com muito interesse as palavras da antropóloga Jacinta que nos guiou pelos vários recantos. Ficámos a conhecer muito melhor a história da Mouraria, desde a sua criação, logo após a conquista de Lisboa aos Mouros, até aos nossos dias.

Numa zona de oleiros e com protecção régia, foi reconhecida em 1170, como espaço de residência da população muçulmana; possuía organização própria e gozava de liberdade de culto, a troco do pagamento de impostos e prestação de serviços.

O bairro foi crescendo e as suas actividades económicas abrangiam a tecelagem, a metalurgia e a olaria. No final do séc.XV, existiam duas mesquitas, uma escola corânica, banhos públicos, uma cadeia e uma carniçaria. São dessa época os objectos expostos, encontrados nas escavações do Quarteirão dos Lagares.

Em 1496, D.Manuel I erradicou as comunidades judaica e muçulmana, obrigando-as à conversão ou à fuga e a Mouraria tornou-se num bairro cristão e rebaptizado como Vila Nova, nome que não vingou.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 12