STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada Comunicados
Comando do RSB: Estado de Graça Terminou Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 20 Novembro 2009 16:33

stml_bombeirosFoi com um Regimento adormecido e os trabalhadores revoltados que, em Junho de 2008, o Senhor Presidente da CML, dr. António Costa, deu posse ao novo Comandante do RSB, Coronel de Infantaria Joaquim de Sousa Pereira Leitão.

O novo Comandante, de imediato quis mostrar trabalho. Entre outras situações, alterou responsabilidades ao nível das chefias, constituiu grupos de trabalho, prometeu dois concursos para ingressos, prometeu concluir o processo das promoções e prometeu solucionar o pagamento dos serviços de prevenção às casas de espectáculos.

Continuar...
 
Informação sobre a aplicação do SIADAP na CML (Referente a 2004/2008) Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 16 Novembro 2009 16:49

Ok!Na sequência da informação que temos vindo a transmitir aos trabalhadores da CML, relativamente à proposta de atribuição de pontos que visa colmatar a falta de avaliação referente aos anos de 2004 a 2008, o STML informa:

Em reunião efectuada entre a DMRH e o STML em 11 de Novembro de 2009, a CML assumiu proceder à actualização do vencimento em Novembro de 2009 e subsídio de Natal a cerca de 3.100 trabalhadores que somam 10 pontos, e o pagamento dos respectivos retroactivos (desde Janeiro de 2009) em Dezembro de 2009.

 

Continuar...
 
Departamento de Bombeiros do STML reune com o Comando Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 30 Outubro 2009 16:38
rsb03Foram colocadas, pelo STML, as dúvidas que assolam os Bombeiros referentes à mudança que o Comandante pretende pôr em prática no funcionamento do RSB, alterando a deliberação n.º 53/AM/95, publicada em Boletim Municipal, referente ao CCGMO, leva-nos a questionar a eficiência da medida.
O STML colocou a necessidade de um tratamento igual nomeadamente nos horários de trabalho para todos os Sapadores Bombeiros, independentemente da sua categoria.
Foi transmitido também pelo STML que não abdicamos do justo pagamento de todo o trabalho efectuado pelos profissionais do RSB, em escalas a efectuar a partir dos aquartelamentos, nem de horários legais e períodos de descanso adequados à sua recuperação.
Foi acordado que continuarão a ser autorizadas da mesma forma que até agora, as trocas de folga.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 161 162 163 164 165 166 167 168 169 Seguinte > Final >>

Pág. 169 de 169