STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada Comunicados Comunicados 2015 EGEAC - Vale a Pena Lutar
EGEAC - Vale a Pena Lutar Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 17 Novembro 2014 10:29

Castelo S. jorge - arco reduzidoOs trabalhadores do Castelo de São Jorge aderiram de forma muito significativa à greve que o STML convocou para o dia 13 de Novembro no período compreendido entre as 16h00 e as 18h00, encerrando o equipamento, bem como as actividades inerentes.

Os trabalhadores do Castelo pararam por melhores condições de trabalho, nomeadamente, adequadas condições de espaço de instalação nos seus postos de trabalho, pondo fim à situação de instalação de onze postos de trabalho num espaço exíguo, por adequadas condições de ergonomia no balcão da bilheteira, bem como, pela existência de instalações sanitárias e de higiene para os trabalhadores desta bilheteira.

Apesar das tentativas de desmobilização dos trabalhadores, levadas a cabo pela EGEAC, devemos valorizar os efeitos positivos obtidos com esta acção de luta.
Após uma reunião do STML com a Directora de Recursos Humanos e a Directora do Castelo de S. Jorge, o Conselho de Administração emitiu um comunicado reconhecendo os problemas expostos e comprometendo-se fazer face às reivindicações dos trabalhadores, ficando estabelecido como prazo máximo o fim de Janeiro de 2015, para a transferência da bilheteira para a Casa do Governador.

Paralelamente, foi anunciada a intenção de negociar com a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior a devolução de alguns espaços da Casa do Governador para instalação do Back-Office, permitindo assim a reorganização dos trabalhadores nos escritórios, com o consequente ganho de espaço para todos aqueles que permanecerem naquele local.
Foram ainda anunciadas medidas concretas que visam prevenir e dar maior comodidade aos trabalhadores que se encontrem expostos a condições climatéricas adversas.

 

O STML saúda os trabalhadores que corajosamente resistiram às tentativas de desmobilização, através de promessas de resolução destes problemas, e que mesmo assim aderiram à greve.

Agora todos esperamos que estas propostas não fiquem apenas no plano das intenções e aguardamos pela sua concretização efectiva, disponibilizando-se o STML, para com os trabalhadores, recorrer a todas as formas de luta que se verifiquem pertinentes e necessárias.

 

A LUTA CONTINUA!

 

stml90x90