STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada Comunicados
Aos trabalhadores do município de Lisboa Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 16 Março 2020 10:42

greve suspensa imagem Suspensão da Greve Nacional

Nesta fase de contenção da infeção pelo novo coronavírus, tendo a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarado situação de pandemia, e dado o momento que se vive em Portugal, com o encerramento de um conjunto muito alargado de serviços públicos, a Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública (FCSAP), que o STML integra, decidiu suspender a realização da Greve Nacional agendada para dia 20 de março, assegurando desta forma que os serviços funcionarão com a normalidade possível perante o quadro que se vive.

Foram, deste modo, suspensos os pré-avisos de greve decretados para as autarquias e empresas municipais da cidade de Lisboa, incluindo a greve mais alargada dos trabalhadores da limpeza urbana da CML.

Continuar...
 
Bombeiros suspendem a participação na Greve Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 13 Março 2020 14:17

RSB logoFace ao contexto de pandemia decretado pelo covid-19, entendeu o STML em conjunto com os bombeiros do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, suspender a participação destes profissionais na greve decretada para dia 20 de Março pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (FCSAP).

Enquanto corpo especial com intervenção prioritária no campo da proteção civil e do socorro, não poderiam estes profissionais abdicar das suas responsabilidades perante os munícipes da cidade de Lisboa, considerando o momento excecional em que nos encontramos.


Contudo, sublinhamos as reivindicações mais do que justas e legítimas que sustentam a greve agendada para 20 de março, concordando em toda a linha com os motivos que justificam a greve nacional da administração pública.

Após o período especial que vivemos, retomaremos o caminho da luta: por melhores salários, por um estatuto que respeite a dignidade dos bombeiros profissionais, por uma aposentação e uma vida dignas!

 

A luta continua!

 
Urge defender os trabalhadores do Castelo de São Jorge! Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 13 Março 2020 12:54

EGEACPerante o plano de contingência apresentado pela CML, que obrigou ao encerramento ao público dos vários equipamentos sob alçada da EGEAC, mantendo-se os respetivos trabalhadores limitados ao trabalho em BackOffice, não se compreende como o Castelo de São Jorge, o equipamento cultural mais visitado de Lisboa, não implementou decisão idêntica e transversal em todas as suas áreas de trabalho.

Os trabalhadores do Castelo de São Jorge não podem ficar reféns da lógica meramente economicista, que aparentemente justifica a manutenção do seu funcionamento. Não podem ser desconsiderados, ao ponto de se ignorar os riscos potenciais associados à pandemia do covid-19.

Continuar...
 
20 Março - Greve Nacional da Administração Pública Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 05 Março 2020 11:05

stml novo jpegO que fazer depois de 10 anos de congelamentos salariais?

 

O governo PS teima em desvalorizar os trabalhadores da administração pública (AP). Face à proposta avançada pelos sindicatos da Frente Comum, de 90€ para todos os trabalhadores, com a subida da 1ª posição da Tabela Remuneratória Única (TRU) para 850€, o governo tenciona aumentar 10€ para os trabalhadores que auferem os salários mais baixos (635,07€ e 683,13€). Os restantes poderão ter um aumento na ordem dos 0,3%. Vergonhoso!


O último aumento salarial na AP remonta a 2009. Nestes 11 anos, os trabalhadores perderam, em média, cerca de 17% do seu poder de compra. Acrescenta-se para o período de 2016/2019 os descongelamentos das progressões na carreira, que permitiram um aumento de 2,8% na remuneração base média mensal dos funcionários públicos. Contudo, no mesmo período, os preços aumentaram 2,6%, deitando praticamente por terra a melhoria alcançada pelas progressões.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 8 de 210