STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada Comunicados
Intervenção de António Sousa na Assembleia Municipal de 7 de Dezembro Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 20 Dezembro 2010 18:19

Intervenção de António Sousa, trabalhador do DRMM, na Assembleia Municipal no dia 7 de Dezembro, sobre a Reestruturação dos Serviços da Câmara Municipal de Lisboa.

 

 

Ex.ª Senhora Presidente da Assembleia Municipal de Lisboa

Ex.º Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lisboa
Exmas. Senhoras e Senhores Vereadores

Exmas. Senhoras e Senhores Deputados Municipais

Colegas e trabalhadores da Câmara Municipal de Lisboa
Minhas Senhoras e meus Senhores,

 

O meu nome é António de Sousa, sou trabalhador do Departamento de Reparação e Manutenção Mecânica há vinte e dois anos, e é apenas nessa qualidade e em nome de todos os que diariamente comigo trabalham nestes importantes serviços municipais, que me dirijo a esta digníssima Assembleia.

Foi com um sentimento de profunda e sentida indignação que tomámos conhecimento da aprovação na reunião de Câmara do dia 26 de Novembro, da proposta de reorganização dos serviços municipais que prevê a extinção do nosso departamento.

Sabendo que, neste momento ainda compete a esta Assembleia de legítimos representantes da nossa cidade, a decisão final sobre este assunto, queremos transmitir-vos de viva voz, as razões que nos levam a considerar tal proposta, desajustada e gravosa para os interesses do Município, injusta e incompreensível para os trabalhadores.

Continuar...
 
Lutamos contra a proposta de reestruturação do presidente da CML! Versão para impressão Enviar por E-mail
Terça, 14 Dezembro 2010 21:43

drmm20101214-04Trabalhadores do Departamento de Reparação e Manutenção Mecânica (DRMM), do Departamento de Saneamento e dos Museus e Galerias, reuniram-se em plenário no dia 14 de Dezembro, efectuado no Complexo Municipal da Boavista.

Dezenas de trabalhadores questionaram pessoalmente o Director Municipal, Sr. Ângelo Mesquita, sobre as razões que justificam uma possível extinção do DRMM e a sua transformação numa mera divisão. Tendo em consideração o facto consubstanciado na proposta de reestruturação de atribuir ao presidente da autarquia plenos poderes para criar ou extinguir divisões sem necessidade de consultar a Assembleia Municipal, facilmente percebemos o futuro que António Costa quer traçar para um dos departamentos mais importantes da CML, quer pelos seus objectivos operacionais, quer pela sua transversalidade junto de todos os serviços da autarquia.

Continuar...
 
Vereadora assume compromisso para a mobilidade intercarreiras Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 06 Dezembro 2010 20:21

Confrontada com a intervenção do STML, no passado dia 24 de Novembro, em Sessão Pública de Câmara, a Vereadora Maria João Mendes assumiu o compromisso de, até 31 de Dezembro, dar provimento aos pedidos de mobilidade intercarreiras recebidos pela Direcção Municipal de Recursos Humanos ao longo do ano de 2009.

O STML congratula-se com o teor deste compromisso, mas relembra ser de plena justiça que também os pedidos feitos ao longo do corrente ano venham a ser contemplados por qualquer medida que possibilite a mobilidade intercarreiras. Deste modo, cremos que seria possível à CML resolver um número considerável de casos pendentes que se vão acumulando nos Recursos Humanos.

Apelamos assim a todos os trabalhadores que reúnam condições e requisitos legais para a inclusão na mobilidade intercarreiras que contactem os dirigentes directos no sentido de serem justificadas as funções conducentes à referida mobilidade. Sublinha-se que esta declaração é imprescindível para que qualquer processo possa ter sequência.

Para mais informações, contacta o STML!

 
Câmara Municipal de Lisboa deturpa números da Greve Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 03 Dezembro 2010 18:16

Greve GeralDe modo a desvalorizar os números da adesão dos trabalhadores à Greve Geral de 24 de Novembro, o STML tomou conhecimento da adopção, por parte da Direcção Municipal dos Recursos Humanos e de algumas unidades orgânicas, de estratagemas perniciosos para justificar as faltas dos trabalhadores naquele dia.

Nomeadamente, consideramos inaceitável que a resposta dada àqueles que consultaram os Recursos Humanos nas vésperas da Greve Geral acerca deste dia de luta dos trabalhadores, tenham privilegiado e convidado à marcação de um dia de férias de modo a suplantar a falta.

Nos dias seguintes, alguns dirigentes da CML apontaram como solução, para aqueles que não compareceram ao serviço no dia 24 de Novembro, a marcação posterior, nos livros de ponto de dias de férias ou, cometendo uma ilegalidade evidente, nomeadamente, a assinatura de comparência no posto de trabalho.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 Seguinte > Final >>

Pág. 185 de 209