STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada
Aos Trabalhadores da CML Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 13 Dezembro 2019 11:35

ASSINATURA ACEP CML 2019- Novo ACEP celebrado com a CML –


Foi assinado a 12 de dezembro, entre o STML e a CML, o novo Acordo Coletivo de Empregador Público (ACEP) que permite, além de outros direitos (mais crédito de horas para os representantes dos trabalhadores em SST ou a redução do período experimental), recuperar 3 dias de férias para todos os trabalhadores, por via de avaliação positiva.

Após mais de um ano de negociações, foi finalmente possível chegar a consenso sobre a principal proposta do STML, inicialmente apresentada em 2014 e rejeitada pela CML (aquando da celebração do 1ºACEP, cujo intuito principal era então salvaguardar as 35 horas/semana). Em 2018, o Sindicato voltou a insistir na atribuição de mais 3 dias de férias, independentemente da avaliação do trabalhador, bastando nesse sentido ser positiva (por adequado, relevante ou excelente).

Relembramos, contudo, que o objetivo último passa por repor na lei geral os 25 dias de férias! Não esquecemos o roubo de 3 dias imposto pelo governo do PSD/CDS-PP e a falta de vontade política até agora demonstrada pelo governo PS em corresponder e respeitar as expetativas e os direitos dos trabalhadores da administração pública.

Na Câmara Municipal de Lisboa, a partir de 2020, todos os trabalhadores terão mais 3 dias de férias, desde que tenham avaliação positiva e não tenham faltas injustificadas no ano precedente.

Com determinação e persistência, avançamos positivamente no caminho que permite alicerçar melhores condições de trabalho e de vida. Com o nosso, o Teu Sindicato, o STML.

 

Dá força ao Teu Sindicato! Sindicaliza-te!

 

stml90x90

 
Aos Sapadores Bombeiros Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 11 Dezembro 2019 16:22

bombeiros- Comando publica NEP de férias ilegal!- 

 

Após vários meses de negociação sobre o Acordo Coletivo de Empregador Público (ACEP), a celebrar formalmente dia 12 de dezembro entre o STML e CML, foi com enorme admiração que o Sindicato teve conhecimento da publicação na ordem de serviço da Norma de Execução Permanente (NEP) de férias.

Os conteúdos e objetivos expressos nesta NEP afrontam, em primeiro lugar, os próprios sapadores bombeiros no exercício do seu direito a férias, mas também defrauda o espírito que pautou as referidas negociações em torno do novo ACEP.

Perante o caminho assumido pelo Comando do RSB, que fortemente repudiamos, está em análise no Gabinete Jurídico do Sindicato a referida NEP, objetivando a posterior denúncia, que se quer devidamente fundamentada em termos legais e da  qual daremos conhecimento em tempo oportuno aos bombeiros.

Seguir-se-ão os contactos e procedimentos necessários junto do Executivo Municipal, para que retifique o que nunca deveria ter sido produzido, evitando que situações semelhantes se repitam no futuro.

Um socorro de qualidade, só é possível respeitando os direitos e os interesses dos trabalhadores sapadores bombeiros! A conciliação da vida profissional com a vida pessoal e familiar não pode ficar sujeita à arbitrariedade de qualquer chefia ou comando. Deve ser respeitada conforme determina a lei.

 

Comando do RSB pactua com perseguição ilegal a bombeiro, pondo em causa o socorro à Cidade!


Através de ofício enviado ao Comando do RSB e ao Presidente da CML, o STML denunciou a retirada de um bombeiro das funções de motorista por parte de chefias do RSB e a sua transferência de local de trabalho por ter usufruído o direito de assistência à família. Mesmo perante a intervenção do Sindicato, o atual Comando manteve-se intransigente, desrespeitando assim os direitos laborais consagrados em lei.

Continuar...
 
Trabalhadores da Divisão de Arquivo Municipal exigem edifício digno e único! Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 11 Dezembro 2019 09:44

arquivo municipalDepois da greve expressiva do passado dia 28 de novembro, os trabalhadores da DAM - Arquivo Municipal, Videoteca, Arquivo do Arco Cego e Arquivo Fotográfico -, concentraram-se em plenário e participaram na sessão pública de 10 de dezembro da Assembleia Municipal de Lisboa.

Perante os deputados municipais e principalmente ao Executivo liderado por Fernando Medina, exige-se de uma por vez por todas, a decisão sobre um edifício único que agregue as várias valências do arquivo municipal, permitindo dignificar a cidade, a sua memória colectiva e histórica, além de respeitar as condições de trabalho. Tratam-se de matérias, em todas as dimensões referidas, neste momento totalmente descuradas.

Sobre a intervenção do STML nesta sessão da Assembleia Municipal, poderão consultá-la aqui.

 

A luta irá continuar, até obtermos respostas concretas às nossas reivindicações.

 

 

Lisboa, 11 de dezembro de 2019

 

stml novo jpeg

 
Aos Trabalhadores da CML Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 05 Dezembro 2019 16:09

cml01-150x100- Novo ACEP consensualizado com a CML –


Em fins de 2018, o STML apresentou à CML uma proposta para renegociar o Acordo Coletivo de Empregador Público (ACEP). De entre as várias matérias que se procurou alcançar, destaca-se a atribuição de mais 3 dias de férias via avaliação positiva.

Ao ano de 2014 remonta o primeiro ACEP, celebrado entre o Sindicato e a autarquia. Nesse primeiro momento, foi objetivo principal, a salvaguarda das 35 horas semanais, face à lei das 40 horas imposta pelo Governo do PSD/CDS-PP para a administração pública.

Continuar...