STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada
Encontros Temáticos - Avaliação de Desempenho na Administração Pública Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 02 Maio 2018 10:31

SIADAP - roda de rato a coresO STML tem promovido nos últimos meses várias reuniões sobre a avaliação de desempenho na administração pública, atualmente consubstanciado pelo SIADAP. Sessões de esclarecimento que procuram dar a conhecer as regras de um sistema que, sendo injusto, impraticável e castrador, dificilmente o conseguimos revogar se não o compreendermos e dominar. Uma lógica assente na máxima que não é possível transformar uma realidade que não conhecemos!


Após vários anos de política austeritária, assistimos finalmente ao descongelamento das progressões na carreira, assunto correlacionado com os pontos atribuídos pelo famigerado SIADAP. Motivo que seguramente contribuiu para o despertar empenhado de muitos trabalhadores face a um sistema de avaliação que não serve os seus interesses, como agora é bem visível, além de influir negativamente na qualidade dos serviços públicos que devemos prestar nas mais variadas áreas de intervenção.

Continuar...
 
Jornada de Luta Nacional - 9 de Junho! Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 18 Maio 2018 14:43

9 junho - metadeTrabalhadores de norte a sul do país convergem

para Lisboa a 9 de Junho!

 

- Aviso Prévio de Greve das 12H00 às 21H00 -


A CGTP-IN convocou uma jornada de luta nacional a realizar em Lisboa no dia 9 de Junho (sábado), com concentração no Campo Pequeno e desfile até ao Marquês de Pombal.

As razões que justamente motivam esta luta envolvendo os trabalhadores dos setores público e privado de norte a sul do país são, por todos, conhecidas.

No campo dos salários, não desvalorizando uma relativa e muito tímida recuperação do poder de compra, a verdade é que em relação aos trabalhadores da administração pública parece um assunto tabu para este governo, à semelhança da prática assumida por anteriores governos. Inverter este 'estado de coisas' é uma prioridade da qual não podemos virar costas.

Continuar...
 
STML defende a aplicação do Acordo de Empresa (AE) na GEBALIS sem desvirtuações! Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 18 Maio 2018 13:06

GEBALIS.pngO AE da Gebalis, celebrado entre o STML/STAL e o CA da empresa em 2017, reparou muitas injustiças praticadas ao longo dos anos junto dos trabalhadores. Desde o início do ano que atravessamos uma fase de transição face ao novo enquadramento privilegiado pelo referido instrumento de regulamentação colectiva.

Contudo, nos últimos meses fomos surpreendidos pela interpretação do CA sobre a transição para as novas tabelas remuneratórias, considerando, nos termos da antiguidade, quatro anos em vez dos três anos determinados no AE. O STML desde logo manifestou a sua total discordância sobre esta matéria nas duas reuniões entretanto realizadas com os responsáveis máximos da empresa, à qual se somaram várias reclamações de trabalhadores que, justamente exigiram a correção imediata desta situação.

Continuar...
 
Exigimos respostas aos problemas dos trabalhadores da Misericórdia Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 14 Maio 2018 08:58

j f misericordia- STML reúne com o Executivo da Junta de Freguesia -


O STML reuniu no passado dia 9 de Maio com a Presidente Carla Madeira da Junta de Freguesia da Misericórdia. Também presente, a responsável pelos Recursos Humanos. Destacamos os principais assuntos abordados.

1. Regularização dos vínculos precários (PREVPAP)

Fomos informados que a 27 de Abril foi aprovado em Assembleia de Freguesia a integração dos trabalhadores com vínculo precário. Os concursos foram aprovados a 9 de Maio em reunião de Executivo, sendo publicados brevemente. Prevê-se a integração gradual de cerca de 47 trabalhadores (7 Técnicos Superiores; cerca de 20 Assistentes Técnicos e cerca de 20 Assistentes operacionais). Os CAF'S ficaram de fora deste processo, visto a Junta considerar ser responsabilidade da Câmara, ou do Ministério da Educação, a sua integração. O STML discorda desta posição e considera que urge encontrar uma solução para estes trabalhadores.

Continuar...