STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada Comunicados Comunicados 2011
Saudação aos trabalhadores do Público Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 19 Outubro 2012 19:28

PúblicoO Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa saúda os trabalhadores ao serviço do jornal "Público", do poderoso Grupo Sonae, em greve contra a intenção da Administração de despedir 48 trabalhadores.

A Sonaecom viu os lucros aumentaram quase 52% em 2011 e quase 20% no primeiro semestre deste ano. Não se vislumbram portanto "dificuldades" da entidade empregadora.

Mas esta medida a avançar, para além de atirar para o desemprego mais algumas dezenas de trabalhadores, reduz e cerca a pluralidade de informação, um direito democrático que - pese embora orientações editoriais que muitas vezes reproduzem o discurso "oficial" - é fundamental para uma sociedade que se quer livre.

 
Sapadores Bombeiros em luta numa greve com adesão esmagadora Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 30 Dezembro 2011 10:40

plenario20101020_01_150x100Destacamos e valorizamos a forte adesão dos Bombeiros Sapadores de Lisboa à greve decretada pelo STML.

Comprovamos, mais uma vez, que os Bombeiros Sapadores da cidade de Lisboa, estão insatisfeitos e não concordam com a intenção dos responsáveis máximos da Câmara Municipal de Lisboa em aumentar o número de turnos dos actuais quatro (4) para cinco (5).

Continuar...
 
Bombeiros Sapadores da CML em Greve Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 28 Dezembro 2011 10:27

  

Cartaz_Greve

Continuar...
 
CML recua nas suas intenções de desregulamentar os horários de trabalho! Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 22 Dezembro 2011 13:08

Greve de 26 a 31 de Dezembro está desconvocada!

A vitória é dos trabalhadores e do STML

 

A semana de greve de 26 a 31 de Dezembro convocada pelo STML como resposta às intenções do executivo chefiado por António Costa, está desconvocada!

Face aos objectivos do Executivo do Município em desregulamentar os horários de trabalho de todos aqueles que estão afectos à Direcção Municipal de Ambiente Urbano e da Direcção Municipal de Projectos e Obras, o STML colocou um pré-aviso de greve que foi suficiente para o actual presidente da CML arrepiar caminho nos seus propósitos.

A proposta da CML em implementar a “semana-inglesa”, isto é, trabalhar de 2ªfeira a sábado sem recurso a trabalho extraordinário, foi derrotada!

A proposta da CML que visava a implementação de um horário de trabalho por turnos na limpeza urbana foi derrotada!

A proposta do STML de 5 dias de trabalho por semana, na limpeza urbana do período nocturno, prevaleceu, sendo que a reivindicação para o sector nocturno foi finalmente atingida.

Nos Jardins, nos Cemitérios, nas oficinas do DRMM, na Brigada de Colectores, os horários de trabalho que até aqui eram feitos, manter-se-ão inalterados!

Deste modo, o STML garante a salvaguarda dos direitos dos trabalhadores e evita a desregulamentação dos horários de trabalho e as implicações extremamente negativas que tal implicaria na vida profissional e pessoal de milhares de homens e mulheres que todos os dias dão o seu melhor à cidade de Lisboa.

Todavia, há ainda sectores profissionais onde falta definir horários de trabalho que respeitem e não prejudiquem os trabalhadores, como é o caso, entre outros, dos trabalhadores civis afectos à Policia Municipal, e trabalhadores da garagem de Olivais I. O STML continuará a negociar com a CML e tudo fará para que os interesses e aspirações deste grupo de trabalhadores sejam acatados.

Para todos os trabalhadores da CML, a luta não termina aqui!

Em 2012, os trabalhadores da autarquia de Lisboa irão ser penalizados duplamente nas suas remunerações. Por um lado, pela via do orçamento de Estado do governo PSD/CDS-PP que decidiu desvalorizar até 50% o valor do trabalho extraordinário. Por outro lado, o Executivo Municipal quer reduzir, sem olhar a meios, o trabalho extraordinário de “carácter permanente”, mesmo que para isso, prejudique a prestação de serviços essenciais à cidade de Lisboa e aos lisboetas, como no caso concreto da limpeza urbana.

Não deixaremos degradar o serviço público municipal que é prestado de forma eficiente e com qualidade, apenas para favorecer a argumentação que o sector privado faz mais barato e melhor. UMA MENTIRA PARA JUSTIFICAR A ENTREGA DE IMPORTANTES ÁREAS DE INTERESSE PÚBLICO À GULA DO SECTOR PRIVADO, NEM QUE, COMO PASSO INTERMÉDIO, SE UTILIZE AS JUNTAS DE FREGUESIA COMO SOLUÇÃO!

Só a unidade e a determinação dos trabalhadores em torno do seu sindicato, o STML, poderá travar esta política de direita que apenas tem um objectivo: roubar aos trabalhadores para favorecer o capital.

A luta será inevitável e será consequente, se for organizada e desenvolvida com firmeza e perseverança.

Apesar de todas as dificuldades que nos esperam no virar do ano, o STML deseja a todos os trabalhadores que neste processo de luta se envolveram, umas Boas Festas e, principalmente, um bom recarregar de energias, imprescindível para a batalha que nos espera em 2012 e à qual não podemos, de forma alguma, virar as costas.

Viva a unidade e a luta dos trabalhadores! Com confiança lutamos, com confiança venceremos!

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 17